Influências da música em uma boa noite de sono

Musica e Sono
Musica e Sono

É bem comum apreciar poucas horas de sono em nosso dia a dia, não é mesmo? Um excesso de compromissos e estímulos nos deixam ligados a maioria das horas em que deveríamos relaxar e nos recompor em uma noite de sono.

Porém o que se percebe é um sono muitas vezes fatiado.

Rolando na cama

  • “Se contar, tenho nesta noite, 7 horas para descansar. Preciso apagar agora!”
  • “Hummm amanhã tenho que encontrar aquele sujeito e resolver tudo o que planejei (…) Será que dará tempo de passar no banco? (…) Preciso ler o relatório antes da reunião das 13h (…) passou a hora de eu pedir um aumento (…) acho melhor eu ler o relatório de uma vez”
  • “Agora me restam 5 horas de sono. Vou acordar um caco!”

Depois de rolar por umas boas horas perdidas com pensamentos que invadem nossa mente e descarregam adrenalina ao invés de relaxar o corpo, lá se vão horas preciosas e restauradoras.

Música é um bom caminho para entrar em estado de relaxamento antes do sono
Música é um bom caminho para entrar em estado de relaxamento antes do sono

Um bom remédio que é muito utilizado com bons resultados, pode estar perto de você: a música. De maneira mágica (no melhor sentido da palavra) a música é um relaxante cerebral que vem sendo usado há milênios pela humanidade.

A música pode ser usada como auxiliar ou até o principal meio de estimular um sono restaurador e com isso recuperar todo seu hábito noturno. Pois durante uma noite mal dormida, em que mesmo apagado, seu cérebro continua a estar muito ativo, existe uma grande teia de neurônios transmitindo informações, pulsos elétricos que se comunicam entre si em constante atividade.

E estas são diretamente afetadas por fatores externos, as mudanças de atitude, pensamentos e sentimentos. E a música conduz estes ritmos e ondas cerebrais a um estado de relaxamento.

A música altera nossas ondas cerebrais
A música altera nossas ondas cerebrais

Ondas cerebrais

Durante o dia, nossas ondas cerebrais têm uma certa “velocidade” (12 a 38 Hertz) por conta de nosso foco mental. Afinal precisamos estar ativos, despertos e prontos para resolver o que aparecer em nossa frente.

O problema é que levamos este estado para a cama, e com o passar do tempo, este estado e ritmo acompanham nosso período de sono devido ao carregamento e estímulo contínuo de nossos pensamentos.

Deveríamos desestimular o fluxo contínuo de pensamentos, levando a um estado mais relaxado de transmissão de informações neurais (8 a 12 Hertz – estado alpha). Neste estado, o cérebro descansa e há uma restauração total. Criatividade, relaxamento e sono.

A música e o sono

Alguns estudos já antigos nos mostram que a música tende a sincronizar seus ritmo (batimentos) com os batimentos do coração. Tendo um ideal de 60 batimentos, o cérebro responde sincronizando-se e reduzindo o ritmo cardíaco. Uma ótima ajuda para entrar em estado alpha.

Sabe aquelas músicas que parecem nos envolver? Aproveite estas ideias e relembre as músicas preferidas que já tem esta capacidade de relaxar. Faça sua seleção e mergulhe no ritmo do seu coração relaxado. Você verá como este sentimento de relembrar as músicas calmas que gosta, juntamente com este momento especial que você está criando para você vão transformar seus batimentos, seus pensamentos e seu sono.

Deixe-se perceber como a música penetra em seu coração, ajudando o corpo a relaxar, a mente a entrar em um ritmo mais tranquilo. É certo que as ondas cerebrais vão pulando de Alpha (8 a 12 Hertz), para Theta (3 a 8 Hertz) e finalmente para as ondas Delta (0.5 a 3 Hertz). Essas últimas são relacionadas aos estados de meditação e ao sono mais profundo, os que não possuem nem sonhos.

As músicas mais indicadas para nos deixar em um estado pronto para um sono revigorante são os que estão ligados ao ritmo e frequências como dissemos acima. Existem aplicativos desenvolvidos para este fim, se você tem interesse, dê uma procurada.

Logicamente existem pontos importantes a serem levados em conta. Se você é muito crítico e não gosta de certos tipos de músicas para relaxar, vai ser mais complicado de entrar neste estado.

Descubra e relaxe com sua música preferida
Descubra e relaxe com sua música preferida

Assim, você pode testar com suas músicas preferidas, que tenham uma batida mais suave e que tragam boas referências e lembranças. Pode não ter o ritmo exato, porém pode funcionar conforme sua relação com ela. Escolha a dedo. Faça uma seleção e ponha em prática.

A influência cerebral você vai percebendo durante o exercício. A música perfeita você vai encontrando. O importante é tentar e ir aperfeiçoando este momento, criando o hábito. Quando você sentir que está complicado reduzir seu ritmo, ao invés de entrar naquela “luta” mental, ponha em prática e tenha ótimas noites de sono.

Em tempo: muitas das vezes, somos perturbados pelo dia a dia, por nossa sensação de incapacidade de realizar sonhos, ou simples tarefas. Se você é uma mulher e está passando por momentos difíceis, gostaria de propor que conheça o artigo que visitei esta semana e que me revelou um ótimo caminho de empoderamento feminino e bem-estar. O link do site é o garotascrescidas.com . Lá você vai encontrar o depoimento de uma mulher que fez um curso que parece transformador. Vale a tentativa de se redescobrir empoderada.